CIRURGIA PLÁSTICA APÓS A GRAVIDEZ

A cirurgia plástica realizada após a gravidez está se tornando cada dia mais comum. O corpo passa por alterações hormonais, físicas e emocionais, o que motiva as mulheres a tentar recuperar sua antiga forma.

Os seios podem ficar caídos, sem aquela aparência bonita e jovial. O ganho de peso, associado ao aumento do útero intra-abdominal, provoca a expansão e a perda de tonicidade da musculatura e da pele do abdômen. Além disso, o acúmulo de gordura nesta região pode implicar no aparecimento de estrias. Há também tal acúmulo nos quadris, nos flancos e nas costas.

Felizmente, os procedimentos de cirurgia plástica que oferecemos podem corrigir tudo isso e ainda ajudar a mulher a recuperar sua autoestima. Sua realização é possível apenas de 8 a 12 meses após o nascimento da criança, pois o equilíbrio hormonal é restabelecido dentro desse prazo. A mulher já está se alimentando bem e seus hormônios estão equilibrados, além de estar em boas condições físicas e perto do peso ideal.

Entre os procedimentos mais procurados no pós-parto está a correção da flacidez das mamas, para que elas retomem as caraterísticas estéticas de como estavam antes da gravidez e até mesmo melhorá-las. Isso é possível através de uma cirurgia chamada suspensão mamária ou mastopexia e da colocação de implantes, para obter-se o volume esteticamente desejado. Combinar tais procedimentos com uma lipoaspiração a laser ou uma abdominoplastia, fará com que o resultado final seja ainda melhor.

A combinação entre aumento da mama, abdominoplastia, elipoescultura a laser, realizadas após a gravidez,podem ser feitos durante uma única operação e internação, reduzindo assim os riscos e o tempo que o paciente levaria para se recuperar.

O ideal é que a paciente receba uma avaliação completa, para que seja possível determinar qual tipo de procedimento é o mais adequado, pois cada caso possui suas particularidades. Dessa forma, os resultados desejados serão alcançados com sucesso.

OUTROS ARTIGOS

Ver todos os Artigos