Preenchimentos profundos para reposição de volume nas áreas afetadas pelo envelhecimento
17 de julho de 2018
Plasma rico em fatores de crescimento
15 de agosto de 2018
Show all

Barriga Enxuta

Uma série de novas técnicas cirúrgicas começa a facilitar o trabalho dos médicos, tornando os resultados mais abrangentes e amenizando o desconforto do pós-operatório.

A lipoabdominoplastia é uma cirurgia dois em um: retira o excesso de gordura do abdômen inferior, do superior ou das duas regiões; mas, além disso, retira também o excesso de pele, eliminando a flacidez.

Conheça um pouco sobre a cirurgia

A paciente recebe anestesia peridural. O local do corte varia de acordo com a área a ser operada.

Para corrigir apenas a barriga proeminente embaixo do umbigo ou toda a extensão do abdômen, a incisão é feita de um osso a outro do quadril, na linha do biquini. Após essa etapa, a pele da barriga é descolada para que o médico possa visualizar onde a gordura está concentrada. Inicia-se, então, a hidrolipoaspiração com a introdução de uma solução à base de soro fisiológico e adrenalina. Só então a cânula é inserida para sugar a gordura. Feito isso, são colocados instrumentos específicos para reposicionar e prender (com pontos internos) a musculatura flácida. A pele é novamente sobreposta e suturada. Por fim, o umbigo é preso na posição ideal.


Pós-operatório

- Nas primeiras duas semanas, é importante ficar em casa em repouso relativo (só levantar para ir ao banheiro, fazer as refeições etc.).

- Analgésicos e antibióticos para controlar a dor e evitar infecções.

- Para facilitar a aderência da pele, deve-se usar uma cinta modeladora por dez dias.

- Duas ou três sessões semanais de drenagem linfática são bem-vindas para diminuir o inchaço.

- Manchas roxas são comuns, mas 80% delas desaparecem em duas semanas.

- Os pontos são retirados após a segunda semana de recuperação. Nessa fase, é permitido dirigir, retornar ao trabalho e manter relações sexuais (com cautela, para não machucar a área operada). No entanto, é indicado esperar dois meses para fazer ginástica localizada ou musculação e três meses para tomar sol.